domingo, 31 de dezembro de 2017

Degustando a 19 de Outubro com os amigos

Dois meses depois...


Deixei as cervejas refermentando por mais dois meses na garrafa, pois a primeira degustação que fiz, em 03 de Novembro, ela não estava bem carbonatada.
Em reunião com amigos, 27 de Dezembro, decidi abrir algumas garrafas para a degustação. Me surpreendi quando um dos confrades, ao primeiro gole, sentiu leve gosto de café na fórmula ( na minha receita original, coloquei 100 gramas de malte café) e a minha surpresa quando todos gostaram e repetiram o copo!



A Birra Ballare, nesse ano de 2017, conseguiu satisfazer alguns paladares e também eu evolui muito em relação a arte de fazer cerveja. Com o tempo vamos adquirindo experiências do tipo: temperatura certa da água, tipo de malte a ser utilizado em uma brassagem. Estou feliz que consegui obter resultados positivos!

Que venha 2018 com mais Bençãos de Deus, prosperidades e que todos nós, possamos atingir as nossas metas! Salute!

Resumo das Atividades Cervejeiras  

Janeiro: Stout
Março: Stout
Abril: Viena
Junho: Pale Ale
Outubro: Viena

Total de litros produzidos em 2017: aproximandamente 100 litros. 

Retrospectiva 2017 

O canal tchescoNapolis (do Youtube) produziu um total de 50 vídeos falando sobre degustação de Cervejas, fazendo especiais do tipo Cervejas no mundo, no Brasil e especiais sobre festas Cervejeiras, St Patrick's Day e Oktoberfest. Números de Inscritos aumentaram.



Oktoberfest 2017
Em São Paulo, realizada a Oktoberfest baseadas na Oktoberfest de Munique.


Especial Cervejeiros
E durante o ano, na Capital Paulista, houveram encontros cervejeiros no Memorial da América Latina, e em cidades como Osasco, Vinhedo entre outras.







 

domingo, 8 de outubro de 2017

19 de Outubro, a ceva do meu aniversário.

8 de Outubro, 11:00 a.m.

O moedor de cereais começava a trabalhar lentamente para a produção da cerveja 19 de Outubro, uma ceva que fiz em homenagem a mim mesmo, rs.
O que ela tem de diferente, simplesmente puro malte! Isso mesmo, puro malte! Feito de acordo com as leis da pureza alemã.

Afinal de contas, estamos também no mês da Oktoberfest! E as cervejas alemãs são puro malte! Coincidência da 19 de Outubro e da Oktoberfest?
Adicionei o Malte arome para dar uma aroma diferenciado e adicionei mais um lúpulo aromático.

Hoje utilizei técnicas de trabalhos mais lenta, conforme aprendi no curso do Mestre Jaime, deixei a natureza também cuidar dessa nova cerveja. Respeitando o tempo e a lei da física, sem nada forçar durante o preparo.

Aumentei mais o tempo da circulação do mosto, isso tudo manual. Qual é a importância de nós circularmos o mosto? Agora vou te explicar.

Circulação do Mosto

Esse processo é importante depois da brassagem. Tu podes usar uma jarra resistente a temperatura e uma escumadeira. Fiz uma brassagem de 10 litros. Minha jarrinha tem 1 litro. Terminei a brassagem e, seguido, enchia a jarra e, com o uso da escumadeira, jogava o mosto por cima da escumadeira, fazendo uma espécie de "chuvinha" dentro da panela de mosturação. Repeti o processo 20 vezes, onde consegui fazer o mosto ficar "circulando" na panela. Porque todo esse trabalhão?

Simplesmente para clarificar a nossa cerveja, para que a mesma não tenha aspecto turvo.

Lavagem do Bagaço.

Antes da fervura, devemos sempre lavar o bagaço que restou na panela. Utilizei água quente, com temperatura aproximada de 80 graus e com o uso da jarrinha e da escumandeira, fui jogando sobre o bagaço acumalado na panela. Isso porque devemos separa o mosto açucarado do resto do bagaço e evitando que algumas particular passem para a próxima etapa, onde poderia comprometer vários tópicos da nova cerveja, tais como gosto ou até mesmo a cor da cerveja.

Enquanto nossa cerveja está em fase de fermentação, algumas fotos da brassagem de hoje

A fase da circulação e lavagem dos grãos deixou a ceva mais cristalina.



A densidade original ficou aproximadamente com 1045

SRM 22

 SALUTE!


domingo, 27 de agosto de 2017

Degustações da Birra Ballare

Algumas degustações foram feitas durante o mês de Julho e Agosto de 2017.  No semestre passado, fiz brassagem de Stout e Vienna. Muitos amigos, que degustaram as duas cevas, deram os seus feedbacks. Para mim, foi muito ótimo saber o que eles sentiram na degustação. Valerá essas críticas construtivas para as minhas próximas brassagens,

Fiz nesse blog, um resumo geral da degustação de meus amigos:

Começando pela Stout:


A cerveja apresenta gosto de café. Muitos dos que a degustaram disseram que ficou um pouco amarga ( deverei diminuir a quantidade do lúpulo adicionado na cerveja). Alguns reclamaram que a espuma ficou seca e logo se dissipou. Outros sentiram notas de chocolate, outros toffe. Uma outra pessoa que degustou a cerveja achou que inseri café no lugar de malte - Ai o cara exagerou, :-)
Esta foto foi cedida pelo amigo Fernando.

Vienna Show!




 Essa ficou bem encorpada, com bom equilíbrio entre o malte e o lúpulo. Muitos me parabenizaram em produzir essa ceva. A espuma ficou persistente, agradável amargor e no final ficou um pouco adociada. Somente algumas pessoas acharam que poderia ter acrescentado um pouco mais do Lúpulo. De certo, esta foi o grande destaque do 1º Semestre.

Hoje, eu fiz uma degustação da Vienna e o resultado foi uma grande surpresa: A cerveja ficou mais forte e com uma espuma bem cremosa

 




Aprecie com moderação! Bebida e direção não combinam!






domingo, 2 de julho de 2017

Envasando a Vienna Show!

Para mais uma surpresa, essa nova ceva da Birra Ballare tem 4% de alcóol e ficou um pouco mais amarga da receita original - durante a maturação acredito que ela estará um pouco mais amarga!

O densímetro marcou 1020




Seguido comecei a envasar a cerveja e inseri o rótulo para esta nova ceva!



Agora é só aguardar a maturação! Salute!

domingo, 25 de junho de 2017

Dia De Brassagem

Hoje é um dia após São João, decidi fazer uma brassagem. Repeti a mesma receita do mês de Abril, comprei a mesma quantidade de malte, utilizei o mesmo fermento s-33 e, como havia gostado da leva que fiz em Abril, quis ver se a cerveja ficará com o mesmo gosto, aromas e notas.

Havia também feito uma postagem em meu faceboook e a tarde deste domingo foi dominada por panelas, malte, água, pá cervejeira entre outros equipamentos que utilizo para fazer cervejas.

Outros cuidados que devemos ter enquanto estamos brassando:

1.) Quando estiver mexendo com a pá cervejeira, mexa com frequência no malte que está no fundo da panela;
2.) Durante o processo de moagem, antes de moer os grãos, utilize uma peneira para que esse pó não fique durante a brassagem;
3.) Faça sempre os cálculos de perdas de água. Na receita eu utilizei 1 quilo de malte para 3 litros de água.

Todo o cuidado é pouco durante a brassagem. Mas o dia rendeu e estou muito feliz. Em breve esta cerveja será degustada!

Cerveja de qualidade e puro malte.     

A densidade é de 1050 com temperatura do mosto a 20ºC

segunda-feira, 1 de maio de 2017

Degustando a nova Cerveja da Birra Ballare

Há quase um mês produzida, hoje fiz a degustação da Cerveja que fiz no final de Março. Pela primeira vez, consegui acertar notas e aromas! A Cerveja simplesmente ficou diferente de tudo o que produzi nestes anos!


Ao colocar no cálice, o aroma ficou marcante: Lúpulo com florais. Na boca ficou um adociado muito voltado para o caramelo. Florais e uma cerveja seca. Notas bem leves de café, devido ao tipo de  malte que utilizei. Certamente o malte se destacou bem nessa cerveja! Não houve equilíbrio entre o malte e o lúpulo, pois o malte se destacou muito. Ela também escondeu o álcool de 4%, somente depois fui perceber o teor alcoólico, rs

Uma pena que a espuma não se destacou muito, logo se desfez. Mas ficou uma espuma seca (terei que trabalhar melhor a espuma na próxima brassagem). Essa cerveja era para ser uma Stout como havia planejado desde Fevereiro. Ela mais ficou ao estilo de uma Pale Ale.


Depois de Degustada, acabei de tomar mais uma. Gostei muito dessa produção e agora no mês de maio vou fazer mais uma brassagem! 

Durante o mês de Abril, refiz algumas revisões na cozinha da Birra Ballare, organizei melhor meus equipamentos e também produzi 5 vídeos com tema nas Cervejas Belgas. Não fiz nenhuma brassagem.

Nesse mês vou fazer um especial sobre as Cervejas Holandesas no meu canal do youtube: www.youtube.com/tchescoNapolis
 




domingo, 2 de abril de 2017

E nasce uma nova Cerveja.

Na semana passada, fiz uma experiência com grãos e temperatura. Adicionei uma quantia pequena de cereais não maltados. Hoje foi o dia do envase, degustei a cerveja "crua" e para minha surpresa ela apresentou notas de café e biscoito e senti um aveludado na cerveja. De certo, havia utilizado outro fermento e também água Cristal.

Porém, a cor nada tem haver com uma Stout, saiu com cobre claro. Muito interessante a experiência. Utilizei ingredientes de uma Stout, porém a cor nada tem haver com o estilo. Fica este experimento, como exclusividade da Birra Ballare! Salute!

Esta é a nova Cerveja saída hoje do fermentador da Birra Ballare


Especial Cervejas Belgas

Aproveitando o tempo em que esta cerveja vai "descansar", estou realizando uma série de degustação no meu canal do Youtube. Nesse mês vamos explorar o mundo dos aromas e sabor das Cervejas Belgas! Salute!